Slot Ter Hooge

Numa pequena baia no norte da Ilha do Porto Santo encontra-se naufragado o Slot Ter Hooge. Trata-se de um VOC da companhia das Índias Holandesas de 850 toneladas de deslocamento. Proveniente: Holanda com destino à Batávia atual Jacarta, Indonésia.

Naufragou na madrugada de 19 para 20 de Novembro de 1724, na costa norte do Porto Santo, com 250 almas a bordo, destes apenas 33 sobreviveram.

A carga composta 19 baús contendo cada um, cerca de 100 barras de prata de 4 libras cada, 3 Baús de moedas mexicanas e espanholas, 6 Sacos com o peso de 50 libras,  1 baú com 30 sacos de 300 florins, vinhos, brandies e azeite;

Alguns meses após o naufrágio chegou à ilha uma embarcação de nacionalidade inglesa, especializada na recuperação de salvados, que após várias campanhas em anos consecutivos, recuperou parte da carga do naufrágio. Utilizando um inovador método de submersão com ar assistido da superficie, desenvolvido por um inventor inglês, Jonh Lethbridge, que lhe permitia submergir até aos 18 metros de profundidade, durante cerca de 20 minutis

Em 1974, após a revolução de Abril um arqueólogo/caçador de tesouros belga, Robert Sténuit, saqueou grande parte da restante carga. Esta ação originou um grande processo internacional de contestação dos direitos sobre o espólio exumado, que ajudou a estruturar a presente legislação nacional de defesa e salvaguarda do património subaquático de Portugal.

Ainda hoje é possível ver parte da carga recuperada e posteriormente “doada” à Região por Sténuit, na Casa museu Cristóvão Colombo na ilha do Porto Santo.

Foto: Internet

Artigos Relacionados

Últimas Publicações